IIGD Ograce

10/04/2011 - OUSADOS NO FALAR

  • Envie por Email
  • Imprimir

“Porque vós mesmos, irmãos, bem sabeis que a nossa entrada para convosco não foi vã; mas, havendo primeiro padecido e sido agravados em Filipos, como sabeis, tornamo-nos ousados em nosso Deus, para vos falar o evangelho de Deus com grande combate. Porque a nossa exortação não foi com engano, nem com imundícia, nem com fraudulência.”
1 Tessalonicenses 2.1-3

    A nossa entrada em qualquer lugar (na empresa, na família, no círculo de amizade ou na igreja) nunca deve ser vã, inoperante, uma vez que fomos escolhidos pelo Senhor Jesus para dar frutos que permaneçam. Então, em todos os lugares onde estivermos, precisamos plantar a boa Semente, e, com isso, Ela produzirá frutos. Mas devemos lembrar que compete ao lavrador a responsabilidade pela preparação do solo e o respeito por cada época do plantio. Quem desrespeitar as leis do plantar e colher não será bem-sucedido. De igual modo, o cristão que faz a obra sem o devido cuidado trabalha em vão.
    O diabo fez de tudo para impedir que os servos de Deus obedecessem ao mandamento divino, trazendo uma grande perseguição contra eles em Filipos, com extremo sofrimento. Porém esses homens dispostos a morrer pelo Senhor não se intimidaram com o sofrimento; ao contrário, louvaram a Deus em meio a tanta dor. Com isso, o poder divino causou um terremoto no cárcere, ao qual haviam sido lançados, e o que parecia ser prejuízo foi um grande lucro para o Reino dos Céus. Com o sofrimento, tornaram-se ousados no Senhor.
    Às vezes, Deus permite que algo nos aconteça para que despertemos. No entanto, o melhor não é esperar perseguição ou algum sofrimento para pôr a “mão na massa”, mas, sim, crer no que o Altíssimo tem falado ao nosso coração e partir para a realização da Sua vontade. Ele, então, estará conosco todas as vezes que estivermos cumprindo o Seu Ide. Contudo, se não Lhe obedecemos, Ele fica de mãos amarradas para nos socorrer e atender aos nossos pedidos.
    A nossa missão é falar do Evangelho com grande ousadia, pois o combate espiritual deve sempre ser realizado. Ainda que um pregador seja convidado a ministrar uma mensagem em uma cerimônia de colação de grau, ele precisa consagrar-se e, diante dos corpos discente e docente, bem como das autoridades e do povo em geral, com sabedoria, entregar o recado que o Pai colocar em seu coração.
    Nenhum filho de Deus deve sair da cama sem estar na presença santa e poderosa do Senhor. Então, se alguma seta maligna for lançada contra ele, contra os seus, ou contra alguém que solicita a sua ajuda, ele deve, prontamente, usar o poder do Nome de Jesus que lhe foi confiado. É necessário ser soldado em missão o tempo todo.
    A nossa exortação não tem de partir da nossa cabeça, mas da revelação que Deus nos dá em sua Palavra. Se vier de nós, ela será com engano, imundícia e fraudulência. Tudo o que o homem cria não serve para usar na obra divina, pois só a Palavra do Senhor tem o poder necessário para destruir fortalezas e todo o poder do inimigo.

    Em Cristo, com amor,

    R. R. Soares

Todos os direitos reservados à Igreja Internacional da Graça de Deus · O site do povo de Deus.

fechar

De que maneira as mensagens diárias têm abençoado sua vida?

*todos os campos são obrigatórios

fechar

Pedido de Oração

*todos os campos são obrigatórios

fechar

Enviar Mensagem por Email