IIGD Ograce

25/04/2011 - LEVANTADOS PARA PELEJAR

  • Envie por Email
  • Imprimir

“E dos gaditas se retiraram a Davi, ao lugar forte no deserto, varões valentes, homens de guerra para pelejar, armados com rodela e lança; e seus rostos eram como rostos de leões, e eles eram ligeiros como corças sobre os montes.”
1 Crônicas 12.8

    O mover de Deus sobre todo o Israel para que Davi fosse coroado rei é digno de ser estudado. Em suas múltiplas revelações, encontramos lições de grande valor que, se aprendidas, irão ajudar-nos muito em nossa caminhada de fé. Tudo o que aconteceu para que ele fosse feito rei teve a operação da mão do Senhor. Em nossa vida também o mesmo ocorre, principalmente, se somos pessoas de fé, que servimos a Deus com um coração puro e destemido. De fato, nossa atitude faz bastante diferença.
    A Palavra fala dos varões da tribo de Gade, os quais procuraram Davi no deserto e eram considerados homens valentes. Essa é uma das características que os cristãos devem ter. O diabo consegue convencer muitos filhos de Deus de que somente quem tem um corpo forte, pesado ou bem preparado em artes marciais, ou de guerra, deve fazer frente às investidas das forças das trevas. Contudo, a verdade é que isso não tem nada a ver com a obra do Senhor, pois esta não é feita por força nem por violência, mas pelo Espírito de Deus (Zc 4.6). Na verdade, o Senhor capacita plenamente os que Ele chama.
    O texto santo também nos informa que eles eram homens de guerra para pelejar. Os chamados para serem guerreiros do Senhor não devem aceitar que fiquem fora das batalhas. Deus chama outros para tomarem conta do escritório, fazerem obras sociais, dentre outras funções. Já os valentes, homens de guerra, precisam sempre se lembrar de que, se não guerrearem, as batalhas serão perdidas. Os que têm essa chamada não devem deixar-se levar pelas oportunidades comerciais, ou pelos pecados, os quais afloram pelo mundo afora.
    Esses que foram se juntar às forças do rei Davi levavam consigo rodela e lança. Eles iam prontos para atacar e se defender. Da mesma forma, quem não tiver esse cuidado jamais será bem-sucedido em sua missão. Nenhum soldado em serviço deve encontrar-se sem o armamento necessário para desempenhar, com êxito, sua participação na luta. Os que não levam os armamentos que o Senhor tem concedido, no momento crucial da batalha, não sairão vitoriosos. Ora, o cristão não deve ser derrotado nunca.
    O rosto deles era como de leões, os quais são animais que não têm noção de medo, e aqueles homens estavam determinados a entrar na peleja e lutar com todas as forças. Não tome parte de batalha alguma se você não estiver decidido a vencer. Mesmo sendo de Deus, se for guerrear sem uma estratégia, provavelmente, você se decepcionará muito. Por outro lado, com o rosto como o do Leão, que é Jesus, você conseguirá aterrorizar o inimigo.
    Outro fator a notar é que esses valentes eram ligeiros como as gazelas sobre os montes. Ninguém corria tão rápido quanto eles. Isso nos ensina que eles treinaram até chegar a essa condição de excelência. Faça o mesmo com a Palavra do Senhor; assim, você logrará êxito completo.

    Em Cristo, com amor,
    R. R. Soares

Todos os direitos reservados à Igreja Internacional da Graça de Deus · O site do povo de Deus.

fechar

De que maneira as mensagens diárias têm abençoado sua vida?

*todos os campos são obrigatórios

fechar

Pedido de Oração

*todos os campos são obrigatórios

fechar

Enviar Mensagem por Email