IIGD Ograce

11/02/2019 - A RESPONSABILIDADE DO SALVO

  • Envie por Email
  • Imprimir

Dai voltas às ruas de Jerusalém, e vede agora, e informai-vos, e buscai pelas suas praças, a ver se achais alguém ou se há um homem que pratique a justiça ou busque a verdade; e eu lhe perdoarei. 

Jeremias 5.1

Deus sempre procura alguém que possa tapar a brecha, para Ele não executar nem permitir o julgamento dos erros produzidos pelo homem. Porém, tristemente, não acha tal pessoa na maioria das vezes. Se examinarmos, e os mais santos podem fazer isso, veremos que é comum nos deixarmos levar pela vaidade. Ora, se o Todo-Poderoso faz Sua obra, por que tocar na glória devida unicamente a Ele. É preciso mudar, e muito!

Jerusalém foi a mais abençoada cidade do mundo, pois nela viveram, ou iam para lá de vez em quando, os homens mais consagrados que faziam a obra de Deus. Quem vivia lá não tinha desculpas para agir errado, porque havia bons exemplos. No entanto, embora alguém desse voltas pelas ruas, não encontraria um só justo que pudesse impedir o julgamento – o qual se fazia necessário – sobre seu povo. Cuidado com a corrupção!

Muitos ministérios cristãos tiveram bons líderes e liderados, que buscavam a face do Senhor como em nenhum outro lugar. Porém, para eles, o que Deus fez em seu favor pouco adiantou. Até mesmo na família de bons servos e boas servas do Altíssimo é quase impossível encontrar um dos herdeiros que, verdadeiramente, segue o exemplo deixado por esses homens e essas mulheres de Deus. Existem muitos herdeiros materiais, mas verdadeiros servos não.

Jeremias desafiou seus pares a circularem pela cidade do grande Rei, inquirirem e se informarem acerca de alguém que soubesse encontrar o Senhor e tivesse as respostas para Judá não ser enviado ao cativeiro. Neste momento, no meio de quem se diz cristão – parecido com Cristo – há quem possa ministrar a um moribundo, ou a um paralítico, e o livrar da sua condenação? É triste ouvir que não estamos fazendo a obra!

Os filhos de Deus dormem e acordam como os perdidos, e alguns bem piores. Muitos estão preocupados em obter recursos; outros os têm para comprar roupas pomposas, bens materiais recém-lançados (como um celular de última geração), mas não para ter a unção de Deus em sua alma, a fim de libertar os oprimidos do diabo. Essas pessoas acham que isso é problema deles! Elas não sabem o que as espera no Juízo.

Praticar a justiça deveria ser para o cristão como é respirar para todo ser vivo. Ao se levantar, já deveríamos estar na presença de Deus, cheios de fé e poder, para dar a quem precisa de uma libertação a mesma palavra que Jesus daria, e a obra seria feita. Há quanto tempo você não tem se consagrado a Deus, nem recebido uma revelação que o colocaria bem perto do Senhor? Acorde! Você só tem um tempo sobre a Terra para mudar o seu destino eterno!

Deus perdoaria toda a nação de Judá, se houvesse um só praticante da justiça na cidade santa. Por que não existia um sequer? Porque cada um cuidava somente dos seus interesses. Em pouco tempo, foram para o cativeiro na Babilônia e perderam tudo. Misericórdia!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares


Oração do Dia

Senhor! Não podemos continuar como estamos, procurando obter somente bens e esquecendo-nos da Tua obra. O galardão que receberemos de Ti continuará conosco para sempre. Ajuda-nos a cumprir a Tua vontade. 

Não nos deixes viver como viviam os habitantes de Jerusalém. Eles andavam dormindo e, por isso, deixaram de usufruir das bênçãos trazidas pelos profetas do Teu trono. Apesar de saber que Tu usavas aqueles homens, o povo não enxergava o que estava perdendo.

Precisamos nos consagrar e entender as Tuas abundantes revelações a respeito da nossa posição em Jesus. Devemos tirar de diante dos nossos olhos a mentira mostrada pelo diabo, para vermos a grandeza do que tens preparado para nós. Aleluia!

Todos os direitos reservados à Igreja Internacional da Graça de Deus · O site do povo de Deus.

fechar

De que maneira as mensagens diárias têm abençoado sua vida?

*todos os campos são obrigatórios

fechar

Pedido de Oração

*todos os campos são obrigatórios

fechar

Enviar Mensagem por Email