IIGD Ograce

05/06/2016 - A QUEM VOCÊ TEM POR COMPANHEIRO?

  • Envie por Email
  • Imprimir

Portanto, não sejais seus companheiros. 

Efésios 5.7

O apóstolo Paulo foi usado para revelar algo importante aos irmãos em Cristo de Éfeso, dizendo que aqueles que viviam em dissolução moral não deviam ser companheiros dos filhos de Deus. Companheiro é quem convive conosco e, por isso, acaba influenciando o nosso comportamento. Não devemos abandonar os perdidos; afinal, como iremos evangelizá-los? É certo não discriminá-los, mas somos proibidos de sermos amigos deles.

Na verdade, todo filho de Deus deve ser imitador do Criador, o qual, por amar todos, Se esforça para dizer a quem está no erro que se arrependa, a fim de não ser lançado nas trevas exteriores (Mt 25.30). Agora, isso não deve ser feito com um ar de superioridade, mas com compaixão, porque o alvo é levá-los ao entendimento da Verdade. O Senhor quer muito dar aos pecadores a iluminação necessária para serem salvos.

O povo santo deve andar no amor de Deus, não se inclinando a nenhuma obra do Inferno. A mensagem para a pessoa no erro deve ser a de admoestação. Se ela continuar a praticar a iniquidade diante do Altíssimo, irá para a perdição eterna. Quem partir deste mundo sem ter se reconciliado com o Pai será condenado ao lago que arderá com fogo e enxofre para sempre. 

É errado evitar falar com os não salvos. Devemos, sim, procurá-los não para fazer deles nossos companheiros, mas para que despertem do sono do pecado, creiam em Jesus e se tornem fiéis a Ele. Podemos falar do amor de Deus com nossas palavras ou ações. Então, uma vez salvos, poderão se tornar nossos companheiros.

Os nossos verdadeiros companheiros devem ser os servos de Deus do passado ou os de hoje, pois temos muitas coisas a aprender deles. Sem dúvida, os exemplos deixados pelos heróis bíblicos são dignos de ser imitados. No entanto, não podemos seguir as ações daqueles que ainda não fizeram a obra como deveriam. Sendo assim, o certo é zelar pelo compromisso firmado com Deus, tendo apenas Jesus como Padrão!

Que tal andar como Abraão, que deixou a sua terra e foi para onde o Senhor o guiou? Por certo, ele tem muitas coisas a nos ensinar. Da mesma forma Isaque, seu filho, cujo temor santo a Deus fez Jacó não estender a mão sobre Labão, quando seu salário fora mudado por dez vezes. Além disso, o próprio Jacó foi fiel a Deus em tudo e, por isso, foi escolhido para ser a pessoa de quem o Salvador descenderia.

Hoje, há muitos outros servos que podem ser escolhidos como nossos companheiros. O exemplo deixado pelos santos nos ajudará a chegar mais perto de Deus e, assim, cumprir a nossa chamada, sem nos desviar. O principal é andar com o Pai celeste, desfrutando da Sua presença e não nos comprometendo com a perdição. Creia, pois Deus lhe mostrará  quem é Seu verdadeiro servo. 

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares


Oração do Dia

Pai! Muitas vezes, somos influenciados por pessoas que não Te amam. Então, quando menos esperamos, seguimos caminhos que poderão nos tirar da Tua presença. Ajuda-nos!

Se tivermos como companheiros aqueles que têm sido exemplos de lealdade e temor a Ti, aprenderemos muito com eles. Não evitaremos os perdidos, mas, com o Teu auxílio, nós lhes falaremos da salvação.

Devemos aprender com Abraão, Isaque, Jacó e tantos outros que souberam dizer não ao pecado e sim a Ti. Que o Teu Espírito use o exemplo deles para nos fazer viver mais perto de Ti e fazer a Tua vontade!

Todos os direitos reservados à Igreja Internacional da Graça de Deus · O site do povo de Deus.

fechar

De que maneira as mensagens diárias têm abençoado sua vida?

*todos os campos são obrigatórios

fechar

Pedido de Oração

*todos os campos são obrigatórios

fechar

Enviar Mensagem por Email